Quem quebra mais regras? Ciclistas ou automobilistas?

As bicicletas chegaram para ficar e é cada vez mais frequente vermos bicicletas ao lado dos carros, no trânsito, a irem ou a virem do trabalho. Há automobilistas e ciclistas a infringir o Código da Estrada, mas… Quem quebrará mais regras?

De acordo com a Direcção de Estradas Dinamarquesa, menos de 5% dos ciclistas violam as regras do Código da Estrada, enquanto que 66% dos motoristas o fazem.

Danish Cycling Embassy, uma organização privada sem fins lucrativos, refere que as infracções dos ciclistas são mais visíveis aos olhos das pessoas em geral, enquanto que as transgressões de condutores de automóveis, como velocidade excessiva ou uso do telemóvel ao volante. Além disso, os ciclistas acabam por infringir mais as regras quando não têm infra-estrutura para eles, como revela o SAPO.

No Reino Unido, as estatísticas também indicam que a ideia pré-concebida de que os ciclistas são os que mais violam o Código da Estrada é falsa. A Transport Of London analisou a hipótese de que a maioria dos ciclistas passam os sinais vermelhos e descobriu que 84% deles pára efetivamente, concluindo que a “violação não é endémica”.Alguns dos ciclistas que passam ou antecipam os vermelhos fazem-no, em parte, por razões de segurança pessoal, por exemplo, por medo dos carros ou de um automobilista em particular.

Além disso, cerca de 1700 pessoas morrem por ano nas estradas britânicas – zero a duas dessas mortes são provocadas por bicicletas. Mas quando um caso envolve uma bicicleta ganha uma atenção mediática muito maior.

O jornalista do The Guardian, Peter Walker, refere no vídeo-ensaio partilhado de seguida que “Se queremos tornar as nossas estradas mais seguras, precisamos de mudar a discussão e a atenção dos media das bicicletas para os automóveis, e não é por causa de os condutores serem grandes bandidos, é as percepções, que incluem mitos e mentiras, ajudam a moldar a vontade política e a diplomacia pública. E precisamos de ter um pouco um pouco mais de cortesia uns com os outros [na estrada].”

Fonte: SAPO

Artigos relacionados

NHT acrescenta a K-Edge ao seu leque de distribuição

A NHT é importador e distribuidor exclusivo de marcas como a Rotor, a W2W, a ZipVit, a Cycling Ceramic, a Profile Design, entre outras.

Bike Day! decorreu a 25 de fevereiro na Serra de Canelas

Um evento dedicado ao teste das mais recentes bicicletas da Cannondale, Scott e Moustache, organizado em conjunto pela Bike Zone de Vila Nova de Gaia e a Bike Zone do Porto.

Merida Bikes renova website que tem agora maior funcionalidade

A Merida Bikes renovou o seu website, agora com maior funcionalidade, mais fácil de navegar e com um desenho totalmente renovado.