Nelson Oliveira conquista prata no contrarrelógio de ciclismo

O ciclista português Nélson Oliveira conquistou esta terça-feira a medalha de prata no contrarrelógio dos Jogos Europeus, ganha pelo bielorrusso Vasil Kiryenka, que decorrem em Minsk, na Bielorrússia.

O atleta de 30 anos confirmou assim o estatuto de um dos candidatos ao pódio nesta especialidade do ciclismo, tendo apenas sido superado pelo bielorrusso Vasil Kiryenka, que completou os 28,6 quilómetros do percurso em 33 minutos e três segundos, menos 28 segundos que o ciclista português. O pódio fechou com o checo Jan Barta, que gastou mais nove segundos que Oliveira.

Segundo o Diário de Notícias, Nélson Oliveira disse no final da prova “Estou bastante satisfeito. É óbvio que um primeiro lugar seria bastante melhor, mas um segundo é sempre melhor do que um terceiro. Estava perante um ciclista que já foi campeão do mundo, a correr em sua casa, e isso é uma motivação extra. Mas estou contente com a minha prestação. São provas sempre duras e é um esforço individual bastante duro, mas estou bastante satisfeito por poder dar uma medalha a Portugal e isso é que é importante. Esta medalha dá-me motivação para continuar a trabalhar ainda mais, porque as coisas têm estado sempre à porta e há momentos em que parece que não saem, mas nunca perdi a esperança e vou continuar a trabalhar para que as coisas sigam bastante melhores”.

Fonte: Diário de Notícias

Artigos relacionados

O novo XTR M9100 traz o mais versátil grupo para atletas de XC, ENDURO e MARATONAS

XTR M9100: Desenhado para ir ao encontro das exigentes necessidades dos atletas de alta competição, com uma performance e experiência incomparáveis. Se existe algo que temos a certeza nesta vida

Primeiras unidades dos sapatos DMT já disponíveis

A Tecnocycle, como representante da DMT em Portugal, avança que já se encontram em comercialização as primeiras unidades com tamanhos disponíveis entre 37-47 e para os mais novos entre os 33-36.

Candidaturas ao Projeto U-Bike já abriram

Um projeto que disponibiliza 220 bicicletas elétricas e 45 convencionais aos utilizadores registados da comunidade académica da Universidade do Porto, com o objetivo de promover a prática de exercício físico e consolidar hábitos amigos do ambiente.