Há um cemitério de Bicicletas na China

Desde o ano passado que dezenas de companhias de bicicletas partilhadas têm nascido nas cidades da China, de forma a diminuir a utilização dos automóveis e a tentar reduzir o problema da poluição atmosférica do país. Mas a ideia teve um efeito inverso…

image

O problema é que há tantas companhias a pôr bicicletas na rua, que a oferta tornou-se maior que a procura. A certa altura, as pessoas utilizavam as bicicletas e depois estacionavam-nas nos lugares errados ou abandonavam-nas. Agora, as cidades chinesas transformaram-se num autêntico cemitério de bicicletas.

Segundo o Observador, a ideia era que os chineses descarregassem uma aplicação para o telemóvel e que depois, a partir dela, reservassem bicicletas que os levariam até onde precisassem. A bicicleta podia ser deixada em sítios criados pela empresa ou noutro sítio qualquer (dependia das companhias) para depois serem alugadas por outros habitantes. Mas o crescimento gigantesco do negócio não foi acompanhado pela lei, porque não havia infraestruturas nem regulação suficiente para suportar e proteger o património das empresas.

O problema é que dos milhões de bicicletas que invadiram as cidades, muitas começaram a ser largadas no meio da rua, ao ponto de se acumularem em pilhas que cortavam as estradas e congestionavam ainda mais o trânsito nas metrópoles.

As bicicletas foram abandonadas em terrenos baldios, em jardins ou nas margens das estradas mais pequenas. De repente, havia milhões de bicicletas coloridas e empoeiradas amontoadas na China, todas elas sem uma roda, sem parafusos, com volantes estragados e vandalizadas de alguma forma.

Recentemente, algumas dessas bicicletas começaram a ser reabilitadas. O número de bicicletas em circulação também foi limitado.

Fonte: Observador

Artigos relacionados

Parque Natural da Serra da Arrábida: a paixão do ciclista na Margem Sul do Tejo

O Parque Natural da Serra da Arrábida, na Margem Sul do Tejo, é dotado de uma beleza empolgante, paisagens inesquecíveis e desafios para todos os gostos.

Sabes como ajustar a suspensão da tua bicicleta de montanha?

É um ajuste que se faz em poucos minutos através de passos simples que a Trek dá a conhecer.

Instituto Politécnico de Beja disponibiliza 200 bicicletas à comunidade académica

A partir de setembro, o Instituto Politécnico de Beja vai colocar 200 bicicletas, eléctricas e convencionais, ao serviço dos estudantes, docentes e funcionários.