Mais cooperação entre a UCI e Shimano para reforçar acções de ciclismo solidário

A Shimano Inc. fez uma doação de 50 Ultegra Di2  para o programa de ciclismo solidário da UCI, com o intuito de ajudar a providenciar mais treinos, em regiões do mundo que necessitem de mais apoio no ciclismo.

O presidente da UCI, David Lappartient, criou a comissão solidária para países emergentes ligados ao ciclismo, para fomentar o desenvolvimento do ciclismo em regiões do mundo onde este tipo de apoio é necessário.

Todos os membros votaram favoravelmente nestes objetivos.

Em média, o centro  de ciclismo mundial da UCI em Aigle dá as boas vindas a cerca de 120 países por ano, para receberem diferentes tipos de treino incluindo treino para mecânicos. Torna-se crucial educar sobre as componentes da bicicleta, perceber como se efetua a montagem e desmontagem de uma bicicleta e, mais importante, ensinar a pedalar correctamente.

Parte destes modelos  de formação vão ser utilizados para a montagem de bicicletas em treinos de competição na Europa, para homens e mulheres sub-23, em programas desenvolvidos a nível mundial.

A Shimano Inc. tem sido parceira da UCI desde 1999. Esta empresa providencia uma série de serviços técnicos em variados eventos de ciclismo em diferentes partes do mundo. Em colaboração com a Shimano, ambos no campo do ciclismo de competição e no desenvolvimento do desporto, este novo capítulo deverá reforçar esta parceria entre uma das mais prestigiadas empresas no mundo do ciclismo e a comissão mundial de ciclismo.

Segundo David Lappartient, “É apenas com o apoio de líderes de mercado como a Shimano Inc. que vamos ser capazes de marcar diferença nos mercados espalhados pelo mundo. Mais do que ser responsável pela supervisão das competições de ciclismo, a UCI tem também a responsabilidade de promover e apoiar o desporto globalmente. Esta doação servirá, parte dela, para o programa de educação que o centro de ciclismo da UCI irá realizar com as nossas federações nacionais, para garantir a formação de jovens mecânicos. Inserido no nosso programa de doação de bicicletas, logo que as bicicletas estejam prontas para pedalar, vão ser doadas para as Federações de países emergentes no ciclismo. Valorizamos imenso esta acção da Shimano para com as acções de solidariedade da UCI e estamos empolgados com esta iniciativa. Esperamos também no futuro conseguir atrair outras indústrias de ciclismo para nos ajudarem nesta nossa responsabilidade institucional.”

Hennie Stamsnijder, responsável da equipa de marketing desportivo da Shimano Europa, diz que “Esta é sem dúvida a nossa oportunidade de darmos algo em troca ao mundo do ciclismo, de apoiarmos os heróis que trabalham atrás da cortina e, indiretamente, apoiar jovens talentos  que vão surgindo por este mundo fora. Estamos orgulhosos de podermos apoiar a UCI desta maneira.”

Artigos relacionados

23 set | Lisboa vai ter 600 bicicletas estáticas para poder pedalar!

No dia 23 de setembro pode pedalar numa das 600 bicicletas estáticas que vão estar em frente ao Padrão dos Descobrimentos, em Lisboa, gratuitamente.

Lance Armstrong vai voltar a competir

O ciclista norte-americano Lance Armstrong vai voltar a competir, disputando a Rota dos Conquistadores, prova que é considerada uma das mais difíceis a nível internacional no ciclismo.

Descobre os melhores sistemas de suspensão do mundo

XC Full Suspension. A evolução do exigente Cross Country atual levou a que as eficazes rígidas ‘hardtail’ dessem lugar às novas suspensões totais de última geração.